Absolutamente tudo normal dentro da minha cabeça

Esta aqui é a versão resumida dos meus três primeiros dias de 2017.

01/01/2017

02/02/2017:

03/03/2017:

Sometimes my mind plays tricks on me

A post shared by @_lhys on

Pois é.

Estava eu sendo horrivelmente comportada no primeiro dia do ano. Acordando com suco verde. Comendo churrasco e sorvete em quantidades aceitáveis para um ser humano comum. Não bebendo nada com álcool. Bebendo chá de cidreira sem açúcar à noite.

Aí chega o segundo dia do ano e eu passo duas horas em completo sofrimento no trabalho. Ok, drama. Mas estava bem difícil e eu estava com dor de cabeça e eu estava enjoada e eventualmente eu vomito no banheiro – e a dor de cabeça e o enjoo vão embora junto com o meu café da manhã e a minha dignidade.

Então chega o terceiro dia e eu estou escrevendo – no papel mesmo – e começo a ter a impressão de que não estou escrevendo direito. Aí eu percebo que estou escrevendo direito sim, só não estou conseguindo ver direito a palavra que estou escrevendo. Queria culpar o monitor mas, eh, nem estava olhando para o monitor.

Mas está tudo bem. Está tudo bem. Calma.

Fui para o banheiro (calma, desta vez eu não vomitei) para pingar colírio nos meus olhos, porque talvez isso resolva, certo? Não, não resolveu nada. A essa altura estou com a visão borrada e uns movimentos e luzes no canto e não está mais tudo bem e eu não estou calma e na verdade eu estou ligando pra minha mãe porque eu claramente vou ficar cega.

Essa história continua comigo no pronto-socorro (acompanhada pela minha irmã, porque a essa altura minha mãe tinha ligado pra ela) e fazendo uma tomografia e eventualmente sendo dispensada porque não tem nada de errado com a minha cabeça (ha! in your face!) e o oftalmologista do hospital tinha vazado umas duas ou três horas antes.

Passei depois pelo oftalmologista do convênio, que examinou meu fundo de olho e garantiu que também está tudo bem por ali. Estou com consulta marcada no neurologista, em todo caso.

Mas a conclusão geral parece ter sido de que eu estou apenas estressada.

Yay.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *