18

jun

Vamos fingir que estou fazendo especialização em boybands (ou: Se você não sabe a letra, GRITE)

O mundo riu, sentiu vergonha alheia e provavelmente me deu um olhar superior, mas eu quis e fui assistir meu primeiríssimo grupo pop preferido ao vivo. Do meio mundo que eu convidei, só a minha irmã aceitou fazer esse programaço comigo – mesmo sem conhecer as músicas do disco de 2008. E eu comecei um livetweeting não-solicitado porque minha irmã gosta de ficar tirando fotos-de-shows-que-nunca-vão-sair-boas.

Pré-show

Sim, gente, eu praticamente tenho noção das coisas. Eu posso cometer atrocidades como esta, mas com perfeita consciência do que isso faz pra minha reputação.

Minha irmã tinha me perguntado quem iria assistir NKOTB em 2012. Tias, Leda. Mulheres da nossa idade, e a maior parte mais velhas. Deixaram as crianças com as avós (ok, nem todas), botaram suas botas inadequadas de salto e foram lá gritar um pouco.

Trilha pré-show para fãs de NKOTB: Kylie, remix de Rick Astley, Ke$ha, Train…

Dica pra vocês: se ainda está tocando Train, os New Kids não vão aparecer no palco.

1. One song

Às vezes me dá a sensação de que eu não vi nenhum começo de show nos últimos dois anos. Eu só vejo displays de câmeras e celulares cobrindo todo o campo de visão do momento em que as luzes se apagam até a primeira música chegar ao final.

No caso do NKOTB, estava difícil de enxergar e difícil de escutar, porque os gritos não paravam. Porra, gente, e eu meio que gosto dessa música (já confessei que estava no show – não tenho mais reputação para estragar)!

Enquanto Donnie Wahlberg fazia sua contagem regressiva e Joey McIntyre entrava em ♪ They’re counting it down tonight, it’s going down tonight, minha irmã e eu fomos para mais longe do palco onde havia ESPAÇO. E se o show do McFly me ensinou alguma coisa, provavelmente a lição era “o HSBC Brasil é pequeno, pode ficar longe dessas pessoas que a visibilidade será melhor”.

E já que eu tinha espaço, eu liguei o modo vou-curtir-esse-show-e-foda-se.

2. Summertime

Claro que mais gente conhecia “Summertime” do que “One song”. Ou talvez esse era o efeito de pessoas parando de gritar. Mas acho que “Summertime” nem empolgou muito. Assim, no caso de pessoas que não eram eu e não estavam comprometidas e empenhadas em vou-curtir-esse-show-e-foda-se.

3. Dirty dancing

Acho que foi o primeiro momento galera-está-se-animando-com-a-música-e-menos-com-a-histeria. Credito isso às genias letras:  ♪ Oh it’s so crazy, she’s like Baby, I’m like Swayze. NKOTB entende demographics.

4. You got it (the right stuff)

E aí vem a primeira música “das antigas”. Não é divertido falar de boyband “das antigas”? Aquela música boyband moleque e… ok, nem tanto. Mas foi a primeira música que minha irmã realmente conhecia, e isso provavelmente valia pra muita gente por ali. Então Donnie aproveitou e fez a música durar alguns anos com ♪ Oh oh oh oh oh oh oh oh oh oh oh oh oh oh the right stuff.

5. Didn’t I (blow your mind) / If you go away

Momento “das antigas” tem continuidade com chapéus e baladinhas. Jordan Knight tentando fazer aquele falsetto, mas sem muito sucesso. Até que eis que…

6. Please don’t go girl

Acho que esta música inaugurou o conceito de “minha música preferida” na minha vida. E eu já mencionei que o Joey canta?

Mas o Joey é o único que está com voz pra cantar, vai. Teve uma hora que o Danny Wood foi cantar um verso e eu não ouvi absolutamente nada. Ou ouvi alguma coisa realmente ruim, não sei dizer. Teve um momento no show que o Danny desencanou de cantar e pegou um violão e ficou meio no canto e minha irmã até perguntou se não estava faltando um cara, para vocês terem noção.

Mas não o Joey! Joey até se empolga e faz momentos do tipo acho-que-voltei-pra-Broadway de drama e solo e mais drama no final de cada música que sobra pra ele.

7. Step by Step

Com essa sequência toda, acho que minha irmã estava curtindo o show. O pobre Jonathan Knight nem pôde cantar seu único verso – ♪ Don’t you know the time has arrived? – porque o público tomou conta dos cinco passos. Acho até estranho que ele nem guardem essa pro bis, considerando que tudo o que é preciso dizer sobre “Step by Step” é:

8. Cover Girl

Confesso que eu gosto mais da versão baladinha do Joey, especialmente a parte em que ele canta ♪ I woke up this morning, I was 15 again; we were hangin’ tough, don’t you remember when?, mas a versão mais animada do Donnie também melhora em relação à original. Eu queria dizer que a coisa estava até que digna, e aí

9. My Favorite Girl

Com dancinhas, claro. Ninguém invadiu o palco nessa hora.

10. Games

Só tenho uma coisa a dizer:

11. 2 in the Morning

Provando novamente que NKOTB conhece seu público, ♪ Gotta know if you’re mad at me before Grey’s Anatomy. #demographics.

Mas já que não tenho mais nenhuma chance de redenção, preciso falar que esta é provavelmente minha preferida no “The Block”. Nível de meio-que-gosto-desta-música:

Deve ser algum julgamento inconsciente porque é a colaboração do Eman. Este Eman. Mas precisam deixar o Joey cantar.

12. Single

Como não tem Ne-Yo, Joey cantou mais. Favor continuar assim.

13. I want it that way/Don’t turn out the lights

Depois de dois anos como NKOTBSB, os New Kids on the Block fingem que sentem saudades dos Backstreet Boys. Óun. Cantam um trechinho de “I want it that way” – a única música pós-1995 que o público conhecia – e emendam a colaboração – que o público não parecia conhecer. Mas tudo bem – se você não sabe a letra, GRITE.

14. Tonight

Minha irmã me diz “acho que já foram todas as que eu conhecia” :( – e imediatamente começa “Tonight”. Olhaí, Leda, você conhece essa. Leda? Leda? Ué, cadê minha irmã?

15. I’ll be loving you (Forever)

New Kids on the Block botam a roupa branca, sentam no banquinho e cantam a baladinha. Jordan continua se esforçando, enquanto eu incentivava muito:

Aí eles agradecem o público, saem do palco, galera preocupada com os filhos começa a ir embora, eu e minha irmã avançamos no vão que surgiu à nossa frente porque é claro que tem encore.

16. Hangin’ tough/We will rock you

Já?

Já. Uma música só, galera agitando os braços em mais um ♪ Oh-oh-oh-oh-oh. NKOTB com as camisas “Brasil” obrigatórias e juntando um pedaço de “We will rock you” porque deve existir uma multa caso você ignore essa música em um show.

Depois que eles saem do palco. Pode confiar que eles não voltam. Ninguém mais faz encore sem ensaio, gente. Acabou, acabou. Não vai rolar uma música solo do Joey.

Deixe um comentário