30

nov

O tempo, sempre o tempo

Fazia uns vários meses que eu dizia que precisava fazer um inventário de tempo. Sobrou pra semana que passou. O resultado foi… inconclusivo. Eu estou vendo poucas séries de TV, uso alguns períodos de socialização em casa para ler meus feeds – vamos chamar de multitasking – e até fiz um esforço para dormir uma quantidade digna de horas.

Só que faltam horas. Faltam horas para todas as coisas que eu preciso fazer e não estou fazendo, faltam horas para coisas que eu gostaria de fazer e não consigo nem imaginar que um dia darei conta. E eu não sei de onde sairão essas horas.

Ok, provavelmente de sábados largados como hoje.

Dizem que você não deveria usar ferramentas de produtividade no seu tempo livre.

Ok, talvez eu deva entender que o tempo que eu passo em casa não é necessariamente livre.

Preciso de um modelo de créditos para meu tempo que não é bem livre.

Deixe um comentário